Resenha: O Pequeno Príncipe

Título: O Pequeno Príncipe 
Título Original: Le Petit Prince
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Páginas: 96
Ano: 1943
Editora: Agir

Pontuação:     



"Livro de criança? Com certeza!
Livro de adulto também, pois todo homem traz dentro de si o menino que foi.
O pequeno Príncipe devolve a cada um o mistério da infância. De repente retorna os sonhos. Reaparece a lembrança de questionamentos, desvelam-se incoerências acomodadas, quase já imperceptíveis na pressa do dia-a-dia. Voltam ao coração escondidas recordações. O reencontro, o homem-menino".


Com problemas em seu motor, um aviador é obrigado a fazer um pouso de emergência em pleno deserto do Saara. Lá, ele se depara com um homenzinho, "O Pequeno Príncipe", que o encontra, exausto, no meio de sua jornada. Curioso, o aviador faz perguntas ao Principezinho, mas não obtém respostas. Por outro lado, o menino também faz perguntas, e não desiste até se respondido.

Com o tempo, ele vai revelando sua história, contando que mora com uma flor em um asteroide (provavelmente o B 612) e que antes de chegar a Terra, visitou vários outros planetas a procura de um amigo. Ao longo dessa viagem, e em cada planeta que ele chega, encontra personagens de características repreensíveis, que podem ser facilmente encontradas no nosso dia a dia.

Um livro simples, mas também filosófico. De certa forma, cativante. Cheio de lições que podem, e devem ser levadas para  a vida toda. Onde quem lê e se permite, sem preconceitos, ser ensinado por um menino, aprende que "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas" e que "O essencial é invisível aos olhos".

De infantil ele não tem nada, apesar de ser classificado assim por muitas pessoas. É para ler e refletir.

"As pessoas grandes não compreendem nada sozinhas, e é cansativo para as crianças estar a toda hora explicando."




10 comentários:

  1. Oiie,
    esse livro é maravilhoso. Foi o melhor livro que eu li em 2013. Ele traz tantos ensinamentos lindos apesar de ser um livro tão simples. Todos, tanto criança quanto adultos deveriam lê-lo.
    Gostei bastante da resenha. Me deixou com vontade de ler o livro de novo rsrs.
    Beijos
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, principalmente aqueles que já esqueceram da criança que um dia foram.
      Obrigada por comentar :)

      Excluir
  2. Um livro adorável!
    Que deveria ser lido como se fosse a primeira vez em diversos momentos da vida.
    Adoro tanto que tenho 2 exemplares, um meu e outro pra emprestar..rsss

    Bjus queridas!
    ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, vou aderir essa ideia de ter um pra emprestar também... O meu não para em casa.

      Excluir
  3. Nunca tive a oportunidade de lê-lo, mas fiquei muito curiosa com a resenha... espero encontrar ele na biblioteca da escola!!! Bjoss e parabéns pelo blog meninas :)

    ResponderExcluir
  4. Amo este livro! Já li duas vezes *-*
    http://tears-inthedark.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom mesmo, pretendo ler mais vezes :)

      Excluir
  5. Ainda é um sonho... por que nunca consegui ler esse livro...quero demais ler... obrigada pela resenha linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, o bom é que agora o livro tá bem mais barato que antes. Tem várias versões e ainda tem uns com aquarelas do próprio autor!
      De nada, obrigada por comentar. Beijos :3

      Excluir