Resenha: As Vantagens de Ser Invisível

Título: As Vantagens de Ser Invisível
Título Original: The Perks of Being a Wallflower
Autora: Stephen Chbosky
Páginas: 223
Ano: 2007
Editora: Rocco
Pontuação:         


Muitos já devem ter ouvido falar coisas boas a respeito do livro, ou até mesmo do filme. Eu vim somente confirmá-las! Confesso que assisti ao filme primeiro e, no início da leitura, achei-a um pouco cansativa e o personagem muito irritante. Mas, como não consigo abandonar um livro sem antes tê-lo lido por completo, continuei. E sabe de uma coisa? Me senti infinita. 

Vida de adolescente não é fácil, a de Charlie, além disso, é marcada por traumas. Sua tia morreu em um acidente de carro, seu melhor amigo cometeu suicídio e sua família não o compreende. Pois é. Seja bem vindo ao mundo de Charlie, o “invisível”. 

Charlie é um expectador da própria vida, ele vê o mundo de uma maneira diferente, de uma maneira extremamente sincera. Se eu fosse um garoto, seria como Charlie, ele é naturalmente tapado e não consegue enxergar as coisas mais obvias, além de ser muito sentimental, inocente, doce e puro. 

Na escola, Bill - seu professor de inglês, o incentiva a ler alguns clássicos da literatura e cria um laço de afeto com o garoto tornando-os grandes amigos. Charlie passa boa parte do ano letivo lendo livros que ganha do professor e fazendo resenhas sobre eles. Mas o mais importante, Bill o incentiva a ser o protagonista de sua própria vida. E isso só é possível com ajuda de Sam e Patrick, amigos que chegaram para marcar sua vida.

Sam conquista o coração de Charlie no primeiro instante, ela é uma pessoa amável e que sofreu muitos traumas amorosos. Charlie com toda a sua inocência se apaixona pela garota e ensina a ela que: "A gente aceita o amor que acha que merece". Ela é meia-irmã de Patrick, o garoto mais espirituoso que você pode imaginar. Eu me apaixonei por ele. Foi amor à primeira vista. 

A dupla de irmãos apresenta um mundo inexplorado por Charlie até então. Um mundo que não é tão politicamente correto assim, mas que o fez muito bem. Eles o levam a festas, apresentam a pessoas novas e Charlie tem as experiências mais importantes de sua vida: tomar a primeira bebida alcoólica, usar drogas, dar o primeiro beijo em uma garota e ter a sua primeira vez. Eles o tratam de uma maneira muito especial. Eles acolhem Charlie do jeito que ele é. Afinal, incompreendidos se compreendem.

O livro é narrado a partir de cartas a um amigo anônimo, eu, particularmente, gosto de narrações em primeira pessoa, é mais fácil de entender o personagem. É isso o que acontece, você se envolve diretamente com os pensamentos de Charlie e passa a tê-lo como um amigo muito querido. Leia também e sinta-se infinito. 

Sobre o filme: 

Confesso que quando vi o elenco do filme, Emma Watson (Harry Potter), Logan Lerman (Percy Jackson), Nina Dobrev (The Vampire Diaries) e Ezra Miller (Precisamos Falar Sobre Kevin), decidi que veria o filme com um olhar menos crítico e tentaria não comparar com o livro. Mas isso nem foi preciso. A interpretação dos atores foi perfeita. O Logan é perfeito, vamos combinar! Foi um dos únicos filmes que assisti e que fez jus ao livro. A intensidade com que eles vivem os personagens é de tirar o fôlego. 


Sempre amei filme de drama, e eu preciso dizer que esse foi marcante. O Logan não poderia interpretar melhor esse papel, parece que o Charlie foi feito especialmente pra ele. Um belo trabalho. Emma Watson também me surpreendeu, afinal, foi um papel totalmente diferente de HP. Um filme curto, uma leitura rápida, e uma história que me fez rir, chorar e sentir todo o amor do mundo. Simplesmente... Grandioso.


6 comentários:

  1. ahh, Charlie <3
    Fiz uma resenha no meu blog sobre As Vantagens de Ser Invisível também.
    Dá uma conferida: http://tears-inthedark.blogspot.com.br/2013/09/resenha-as-vantagens-de-ser-invisivel.html
    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Charlie e seu poder para arrancar suspiros! hahaha
      Beijos :))

      Excluir
  2. O Patrick é perfeito!!! O livro é perfeito! Adorei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compartilho do mesmo sentimento haha
      Beijos :)

      Excluir
  3. Ahhh quero muito ler!!! Ainda mais depois dessa dupla resenha, de livro e filmes. Também adoro uns dramas. Quero me sentir infinita também. Já anotei aqui para ler.
    Um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho certeza que você vi adorar! rs
      Beijos <3

      Excluir